Olá, Visitante

ou Cadastre-se
Carrinho
  • Ops!

    Seu carrinho de compras está vazio


Pneus Fácil
  1. Por que faltam pneus no mercado Brasileiro? - Pneus Fácil

Por que faltam pneus no mercado Brasileiro?

Nossos usuários perguntam: “Por que falta o pneu do meu carro no mercado? Não consigo encontrar meu pneu em lugar nenhum”.

Primeiro é importante entender o mercado de pneus e sua reposição.

Os pneus quais vem originais nos carros de nossos usuários podem ser tanto nacionais como importados. Os pneus de equipamento original das montadoras normalmente são dos mesmos países da fábrica do veículo. Por exemplo, os carros coreanos da Kia, Hyundai e Ssangyong normalmente vem equipado com pneus coreanos como Kumho, Hankook e Nexen. Os carros fabricados no Japão da Honda, Nissan, Mitsubishi e Toyota normalmente vêm equipados com os pneus japonês da Bridgestone, Dunlop e Yokohama. Isso claro que carros fabricados por essas marcas no Brasil ou na Argentina também vem equipados com pneus disponíveis e fabricados nesses países. Por exemplo, os carros da VW, Fiat, Peugeot Citroen e Renault normalmente vêm equipados com pneu da Michelin, Goodyear, Pirelli, Continental, Firestone e Bridgestone fabricados no Brasil e da Europa.

Mercado de veículos e pneus cresceu muito no Brasil.

Nossos amigos com mais experiência na indústria de pneus comentam que há 20-30 anos atrás a maioria do mercado pode ser fornecida por ate 10 medidas de pneus devido ao modelos limitados de carros no Brasil.

O mercado Brasileiro de veículos também tem crescido muito nos últimos anos, e junto com isso uma grande variedade de marcas, modelos e medidas de pneus estão disponíveis. A PneusFácil conta hoje com mais de 8.000 variedades em seu site.

O que acontece é o seguinte, de acordo com dados no site da ANIP em 2012-13, 32% dos pneus fabricados no Brasil vão direto para os veículos na montadora, 24% dos pneus são exportados para outros países como Americanos, Europeus e da Latina America. Os restantes 44% dos pneus fabricado no Brasil ficam para o mercado de reposição (Aftermarket).

Oferta e demanda de pneus

Com isso a fábrica tem que contar como administrar a demanda e produção tanto local e global de medida por medida de pneu. Vamos pegar o exemplo do pneu 215/55R16 qual vem original no Citroen C4 Pallas. Este é um modelo de veículo qual é vendido globalmente do mesmo jeito que esse modelo de pneu. O fabricante do pneu precisa considerar quantos veículos com essa medida de pneu são fabricados para cada mercado. Depois precisa calcular qual é o tempo médio para iniciar as primeiras trocas dos pneus desses veículos. No início, esses veículos não vão precisar de reposição, mas ao passar dos primeiros anos vão iniciar trocas e dentro de um período a quantidade de clientes fazendo a reposição vai intensificar. Isso sem considerar os clientes qual vão precisar trocar somente 1 pneu devido a extravio acidentais, como cortes  ou bolhas por buracos na rua.

Agora vamos considerar que o fabricante disponibiliza o pneu 215/55R16, mas não somente os clientes desse veículo estão adquirindo este pneu, mas também clientes de outros veículos como o Peugeot 308 também iniciam devido a falta da marca original desse veículo. Essa era uma demanda adicional qual o fabricante do pneu não previa então precisa aumentar a produção e relocar a distribuição para essa região. Muitas vezes precisando ser importado da fábrica de outros países.

Pelo outro lado, imagina que o fabricante preparou um estoque adequando, mas por um tempo estendido marcas concorrentes estão oferecendo pneus na medida 215/55R16 com ofertas mais atraentes. Devido a menor demanda o fabricante reduz a quantidade de pneus na produção nesta região, mas de um momento para o outro a disponibilidade dos pneus da concorrência se esgotam e nesse momento a disponibilidade do fabricante original também esta abaixo da demanda nessa região.

Estes são somente alguns exemplos, mas existem muitos mais fatores qual incluem o estoque e disponibilidade nos pontos de vendas e com as distribuidoras e importadoras. E infelizmente a correção de cada uma destas situações demora um prazo médio de 30 a 120 dias e até esse prazo ser realizado vários outros fatores já tem trocado a demanda e oferta no mercado.

Por isso recomendamos para nossos clientes e usuários o planejamento com antecedência da troca de seus pneus. Em medidas específicas tanto pneus aro 14 e 15 como pneus aro 16, 17, 18 e 19 podem ter uma grande dificuldade de reposição em um momento ou outro.